quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Matéria interessante sobre biojóias!!!

Acessórios com sementes ganham sofisticação






Colar de semente só é coisa para neo-hippies. Certo ou errado? Quem assistiu ao anúncio da escolha do Brasil para sede das Olimpíadas 2016 já sabe a resposta. Erradíssimo,  Afinal, as atletas brasileiras, naquele evento formal e vestidas com terninhos, usavam colares de semente. No caso, semente de açaí, biojóias obras da designer Maria Oiticica, que mistura materiais naturais brasileiros até com ouro e prata. 

Fim de um preconceito ou uma nova linguagem de design? “Acho que estes acessórios, agora, ganharam um design mais sofisticado, com uso de prata, às vezes até ouro”, explica à criadora. Maria, no entanto, concorda que sempre houve certo preconceito com as sementes, atitude que vem, aos poucos, se modificando. "Se transformou em algo cult. E não é apenas um acessório. Agrega todo um conceito de sustentabilidade, de responsabilidade social”, conta.

As sementes, para serem usadas em jóias e bijuterias, precisam de um tratamento específico. E tem que ser cuidadas, como qualquer objeto. “Como é algo vivo, não devem ser molhadas. Algumas até podem, contanto que sejam secas depois”, orienta ela, orgulhosa de ter suas jóias reveladas para o mundo inteiro no evento olímpico.

Chiara Gadaleta, apresentadora do
 "Tamanho Único" e estilista, acha que a tendência é atual. Sua nova linha de bijuterias, inclusive, se chama "Ser Sustentável por Chiara Gadaleta Klajmic. “Toda peça de moda carrega consigo várias informações, e é por isso que algumas são irresistíveis. No caso das bijus naturais, elas também precisam de algo mais que apenas sementes. Designers como a Maria Oiticica, por exemplo, mesclam elementos da terra com metais sofisticados como prata e ouro e é justamente esse mix que oferece tanta sofisticação, explica. 

A dica da consultora na hora de usar é um look sofisticado. “Opte por roupas clássicas e de bom acabamento. Camisas bem cortadas, calças de alfaiataria, um vestido preto simples, porém elegante, são dicas para quebrar o look hippie e continuar com um ar moderno”, sugere.



terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Receita de Ano Novo Feliz




Para você ganhar um belíssimo Ano Novo...
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.

Não precisa chorar de arrependimento
pelas besteiras consumadas
nem parvamente
 acreditar que por decreto da esperança
a partir de Janeiro as coisas mudem e seja claridade,
recompensa, justiça entre os
 homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um ano-novo que mereça este nome,
você, meu caro, tem que merecê-lo, tem de fazê-lo novo.

Eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

Um maravilhoso Ano Novo para você!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Conquistas e Vitórias para 2010!!!!



Conquistas



Acredite em si mesmo
Viva os momentos como se fossem únicos
Saboreie os segundos como se fosse perdê-los
Desfrute o sol que brilha inigualável...
Busque seus sonhos
Você pode estar aonde não idealizou
Tudo é mutante e mutável
Corra atrás da estrela cadente
Alcance o lua no infinito céu...
Abrace
Beije
Apaixone
Ame.


Queira ir além do possível
Tanja o universo maior, ultrapasse
Apalpe as nuvens no esplendor do céu
Derrame sorrisos no espaço laço...
Desperte desta noite insone e nebulosa
Transforme em estrada reta, curvas sinuosas
Faça brilhar a luz no final do túnel...
Acredita
Siga
Sorria
Viva.
Fale
Grite
Busque
Conquiste.
Queira o total indivisível
Seja comunhão universal
Veja a arte praticada
Persiga,.


A felicidade é construída...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

MUITA SORTE EM 2010

Desde a antigüidade, os povos acreditavam e utilizavam objetos para atrair a sorte. Eles atribuíam a esses objetos uma força mágica que os beneficiavam em todos os aspectos.


As pedras também eram utilizadas para este fim, sendo até hoje reconhecidas como fontes de energia...
 

Cada pedra tem seu significado:
 
A Ágata é para fortalecer amizades, o Citrino para atrair a prosperidade, o Ônix para proteção, o Quartzo Verde para manter a saúde, o Quartzo Rosa para manter um relacionamento ou atrair um novo amor, a Ametista desperta a espiritualidade e o Cristal potencializa todas estas energias.

Bjs e sorte sempre!!!!!




segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

COLEÇÃO FITAS DE CETIM


Esta é a nova coleção que mistura, como de costume, sementes e cascalhos de cristais nesse caso a ronita, com a delicadeza do cetim, além da mistura inusitada esta combinação possibilita a utilização do colar em várias alturas, indo da gargantilha ao colar mais longo.

Bjs e sorte sempre!!!!


quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Estou adorando o "Mundo dos Blogs"





Gente, estou amando esse "Mundo dos Blogs", são tantas dicas, sugestões, maneiras de pensar e agir de forma diferente...A diversidade impera nesse mundo, e isso é muito bom pra todos!!!!
Estou trabalhando numa nova coleção, um pouco diferente das demais mais nunca desistindo do príncipio fundamental de que o natural prevalecerá!!!!

Em breve fotos dessa nova coleção, que, espero eu será um luxo só!!!!! 


Bjs

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

AMAZÔNIA



Li este poema e fiquei emocionada, pois, ele foi escrito  por uma aluna de uma escola estadual de
Buritizeiro - MG, Damares Pereira dos Santos e retrata a procupação que cada um de nós deveria ter com nossa riqueza natural.

Vamos cuidar e preservar!!! Se cada um fizer a sua parte o resultado final com certeza será gratificante!!!

Bjs a todos

Amazônia


Amazônia, verde mata,
onde é que tu estás?
Te procuro, pelas águas
é que consigo encontrar.
Amazônia, minha querida,
onde é que vai parar?
Com tamanha destruição
os teus rios vão secar.
Ó, Amazônia, tu bem sabes
que és nosso berço exemplar.
se unirmos nossas forças,
quem sabe vai melhorar.
O meu bioma é o cerrado
mas eu quero te ajudar
porque você é um grande berço
é o meu berço exemplar.
E você que está lendo
não vai nos ajudar?
Nós queremos que a Amazônia
continue exemplar:
com suas matas e suas águas
e tudo que nela há.
E que todos venham ver
essa tua destruição
para que tenham consciência
e venham te dar a mão.


O PLANETA AGRADECE!!!!






quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Biojóias – Verdadeiras Preciosidades





Outro dia escrevi que quanto mais perto das riquezas naturais menos valor damos as peças feitas com materiais vindos dessa biodiversidade fantástica que o Brasil possui, tenho amigos que moram em outros países que são apaixonados pelas Biojóias levando inclusive como presentes aos amigos estrangeiros que se sentem lisonjeados ao receber tais preciosidades.




Acho que nós nativos deveríamos valorizar muito mais o que a natureza nos oferece de forma gratuita, e não achar que quem usa acessórios feitos com sementes, madeira, pedras tem menos valor ou não é sofisticado!!!!



bjs a todos e salve a natureza!!!!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Natureza Perfeita



Gente a natureza é fantástica mesmo!!!! Vou poostar uma foto linda que tirei a uns dois meses atrás quando fiz um passeio até a Chapada dos Veadeiros GO!!!! Tive que parar para registrar essa maravilha da natureza!!!!! Olha só a formiguinha no detalhe!!!!

Bjs a todos!!

domingo, 29 de novembro de 2009

Biojóias muito mais que um simples modismo!!!!!


As Biojóias  são muito mais que um simples modismo, na verdade tudo é uma questão de estilo e cultura que vem contribuindo e muito com a causa ecológica e ambiental.Na criação de uma peça o que vale é a simplicidade em parceria com a criatividade.


Infelizmente quanto mais próximos estamos dessa riqueza natural menos valor damos a essa arte, os brasileiros em geral acreditam que peças feitas em sementes, madeiras, pedras, resinas, cristais  não tem muito glamour, mais na verdade mais que glamour as mulheres hoje em dia tem que ter “estilo”.


Nessa área nada é feito em série, todas as peças são únicas em cores, formatos e texturas, o produto final possui aparência única por isso são ideais para as pessoas que tem estilo próprio e não se prendem a ditadura da moda convencional. 

sábado, 28 de novembro de 2009

Continuação do artigo sobre as "Sementes Ornamentais do Brasil"

Hoje vou postar a continuação do artigo que postei ontem, acho super importante todos conhecerem a essência da arte de criar peças e adornos a partir de matérias primas naturais e únicas.



Um grande abs a todos e sorte sempre!!!!!







O segundo capítulo de “Sementes ornamentais do Brasil” mostra a relação entre as sementes e a moda e o terceiro explora o seu uso em trabalhos de artesanato. Brotam destes dois textos informações sobre a impressionante variedade de tamanhos, com catalogação inédita no mercado editorial, cores e texturas das chamadas gemas naturais brasileiras, cuja utilização como matéria-prima para a fabricação de biojóia tem crescido no país de maneira exponencial. Dentre as imagens, belas fotos de jóias criadas por designers do quilate de Monica Carvalho, Maria Oiticica, Cliu Assef, Lucia Guinle, Angelsea
Camargo, o Projeto Pacová, Suzana Rodrigues, Teresa Brennand e Claudia Duarte.



No momento em que se aproximam da moda, sofrendo mudanças num ritmo mais rápido, as jóias tornam-se também mais democráticas, atingindo uma ampla gama de consumidores. As jóias e bijuterias produzidas com sementes representam a materialização da idéia de peça única, especial, fora de série.


 A biojóia conserva o mistério de suas origens na sua própria textura. Não importa quão longa, ou sofisticada possa ter sido sua trajetória dos igarapés da Amazônia às vitrines de Paris, ela conserva uma mística original.


O livro faz um alerta sobre a necessidade de preservação do muito que ainda resta da maior floresta tropical do mundo: as sementes simbolizam aquilo que é agora destruído na ignorância da barbárie ambiental em que se transformou o laissez-faire na Amazônia. As gemas da floresta podem contribuir para ressemear um conhecimento e um apreço pela natureza que já foram grandes.
E conclui: é comovente que tenham sido as mulheres, como a pintora Maria Sybilla, no século XVII, que descobriram a recôndita beleza das sementes como objeto de arte plástica, ultrapassando os limites do artesanato ou das artes aplicadas.


Nesta linha, não surpreende, portanto, que tenha sido de uma mulher – Francisca Portinari Leão – a iniciativa desta obra de história, moda, pesquisa e catalogação, por meio da qual se conhece um pouco mais do Brasil e dos brasileiros.


Sementes Ornamentais do Brasil
Reler Editora
Curadora: Francisca Portinari Leão
Texto: Julio Bandeira, Maria do Carmo Rainho
Projeto Gráfico: Victor Burton
Fotos: Sérgio Pagano
144 páginas
R$ 98,00

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Sementes Ornamentais do Brasil



"O único país do mundo que tem nome inspirado numa árvore fazia por merecer um livro como este: “Sementes ornamentais do Brasil”. A nação que abriga em seu território a maior floresta do planeta precisava desta obra que, além de catalogar as 110 sementes mais importantes da flora brasileira, com descrições precisas, fotos primorosas e rica iconografia, conta com estilo refinado e profunda pesquisa histórica a relação dos homens – indígenas, colonizadores e estrangeiros – com a maior preciosidade natural de sua terra.



E um povo que assiste perplexo à destruição de suas florestas encontrará neste livro bons argumentos para defender com unhas e dentes a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável.


“Sementes ornamentais do Brasil” é o novo lançamento da Reler Editora. Tem como idealizadora e curadora Francisca Portinari Leão, com textos de Júlio Bandeira, Maria do Carmo Rainho, Maria Joana Valente do Valle e Juliana Müller Freire, projeto gráfico de Victor Burton e fotos de Sérgio Pagano. Chega às livrarias e às escolas, em edição bilíngüe, com o modelo de qualidade da Reler, o que significa textos apurados, farto material fotográfico.


A iniciativa nasceu da obstinação com que Francisca Portinari Leão se dedica ao estudo das sementes brasileiras e seu uso como matéria-prima para jóias, bijuterias e obras de arte. Sementes, ela afirma, são gemas da floresta, que brotam suavemente do solo, revelam a biodiversidade brasileira e ao mesmo tempo deixam claras sua força e fragilidade.

A precariedade não vem de sua vida efêmera, de resto superada pelos designers e artesãos com a adoção de novas técnicas que lhes dão vida longa. Tem origem na ameaça de destruição. Como diz Francisca, da semente vem a perpetuação da natureza, e a sua extração tem que ser feita de maneira sustentável para que não haja interrupção do ciclo natural.


A relação profunda do Brasil com suas sementes foi inaugurada pelos indígenas. A eles o homem branco impôs contas e miçangas, mimos recebidos com alegria, mas que, nem por isso, os fizeram abandonar o hábito ancestral do uso de sementes como fonte insubstituível de ornamento e manifestação cultural.


Os índios, neste caso, venceram. As contas e miçangas nunca tiveram importância e, em contrapartida, as sementes acabaram incorporadas pelo colonizador. Aquilo que era visto pelo homem branco como bruto, incivilizado e rústico, tornou-se, ao longo dos séculos, obra de suma delicadeza, modernidade e sofisticação.


 

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Coleção Pedras Brasileiras


Colar em sementes de açaí, cristais de quartzo rosa e cascalhos de leopardita

Dicas para o Verão 2010



Tendências para o Verão 2010 - Colares


Como nenhum outro acessório, exceto os sapatos, os colares vêm ganhando grande força no mundo da moda. Muitas grifes que desfilam suas coleções no Fashion Rio e no São Paulo Fashion Week apostam suas fichas nos colares para deixar os looks mais alegres.

Colares grandes destacam o colo e chamam atenção para o rosto

A consultora de imagem Roberta Bourguignon alerta que mulheres com pescoço comprido devem procurar usar colares que fiquem mais rentes à face. Se quiser usar um longo, experimente dar uma volta no acessório antes, para depois deixá-lo cair entre os seios. Com esse truque, o pescoço não vai parecer tão de girafa, compara. Em contrapartida, as pescoçudas podem abusar o quanto quiserem das gargantilhas.


Mulheres com pescoço curto podem apostar nos colares mais longos. Se ela combinar o colar longo com um decote em V, o efeito vai ser melhor ainda, pois a mulher vai ficar com um porte mais alto.


Para escolher o colar correto é preciso usar o bom senso. Veja algumas dicas valiosas:




*Roupa preta segura todo o tipo de colar. Coloridos, pratas ou dourados, tudo cai bem.
*Ao escolher um colar mais volumoso e que vá chamar mais atenção para a área do busto, opte por brincos mais discretos.
*Mulheres com pescoço comprido podem abusar das gargantilhas. Mas, para alongar o corpo, combine colares longos  com os mais curtos.
*Colares grandes podem ser usados também com roupas estampadas, mas de olho nas cores.

Primeiro dia de postagem



A moda é uma onda que nos arrasta e se você acha que nunca usaria uma peça de BIOJÓIA por achar que são sem personalidade e meio sem graça, pode estar redondamente enganado.
As BIOJÓIAS deixaram de ser apenas peças feitas de sementes, madeiras e cristais e passaram a aliar técnicas de polimento, cores e texturas muito sofisticadas que as deixam únicas, inclusive conquistando o mercado internacional.



Em época de preservação é muito importante saber cada vez mais, que a natureza não produz lixo e sim matéria prima da mais alta qualidade que se aproveitada de forma sustentável poderá gerar renda aos moradores dos igarapés, onde oportunidades de emprego e renda são escassos.


Hoje encontramos peças de sementes polidas de Jarina que é considerado o marfim vegetal e muitas vezes deixam dúvidas sobre o fato de ser uma semente ou não, sementes de Açaí que provam mais uma vez que esse fruto é realmente abençoado e tudo nele pode ser aproveitado, desde, a sua polpa energética até suas sementes, que dependendo do polimento adquirem cores e texturas completamente diversas.


A ARTE VIVA BIOJÓIAS preza exatamente estas características, de peças que aliam sofisticação, criatividade e exclusividade para que as mesmas possam ser usadas nas mais diversas situações, por pessoas preocupadas com o meio ambiente e que valorizam a natureza como um todo.